Relato G2TB – 1º Semestre

Famílias do G2B Tarde

Nosso semestre está se encerrando e gostaríamos de partilhar com vocês algumas notícias de brincadeiras e experiências que estão presentes em nosso cotidiano e a pleno vapor no processo do grupo.
O Projeto Caixas continua muito vivo e tem proporcionado uma brincadeira muito bela de faz de conta! As crianças estão ressignificando este material, atribuindo a elas simbolismos cada vez mais elaborados e conseguindo cada vez mais partilhar uns com os outros as suas experiências. Transformam as caixas em máquinas de lavar roupa, colocam roupas e panos, fazem um barulho que a caracteriza, tiram a roupa da máquina e penduram no varal para secar! Ou então as transformam em motos, e uma ou duas crianças sentam-se e vão andando pelo trânsito, buzinando e até parando na faixa de pedestres… E não só isso… as caixas se transformam em mesas, trens, cortadores de grama, caminhões de lixo reciclável… além de continuar possibilitando uma rica pesquisa espacial e corporal entre as crianças. Essas transformações e experiências com as caixas têm nos proporcionado momentos deliciosos juntos, momentos em que brincamos muito e percebemos o grupo envolvido e interessado.
E temos uma novidade aí… Ultimamente e, principalmente depois que iniciamos e caminhamos com nossas atividades de culinária, os pequenos trouxeram este tema para seus enredos de faz de conta, e estão transformando essas caixas em uma grande cozinha. Estão “cozinhando” como nunca, utilizando panelinhas, xícaras, colheres, liquidificador, e até batedeiras de brinquedo para fazer sucos, pães e bolos dos mais diversos sabores… Esta brincadeira foi tão envolvente e significativa que novas ideias e propostas surgiram…
Uma delas foi de transformar algumas das caixas em eletrodomésticos. O primeiro que fizemos foi um fogão e as crianças adoraram! Pintamos uma caixa grande, as crianças escolheram com o que faríamos os botões, pediam que eu colasse os botões e falavam: “cuidado, não mexe, precisa esperar secar”. Também ajudaram a colar as “bocas” do fogão, que fizemos com CDs, e estavam muito envolvidas no feitio. Ao chegarmos no fim, uma criança perguntou: “Nathi, vai abrir?”, referindo-se ao forno do fogão. Curtiram tanto… E ao finalizarmos… uma criança trouxe uma nova ideia: “Precisamos fazer uma geladeira, para geladar as coisas…” (sic).
Outra proposta que trouxemos para o grupo é elaborarmos comidinhas com biscuit para compor nosso faz de conta. Esta ideia surgiu da transformação que fazem na brincadeira com massinha, quando a transformam em farinha, açúcar, banana, tomate… Vão poder criar algo mais permanente para o faz de conta.
Têm também transformado sucatas em lunetas, pratos, liquidificador, panelas, instrumentos… As usam no faz de conta e fazem parte dos nossos brinquedos da sala. As possibilidades que estes objetos não estruturados oferecem têm combinado muito com o desejo do G2 em transformar elementos para tais brincadeiras.
Na culinária já fizemos bolo de banana, suco de abacaxi, brigadeiro vegano, biscoitos e até guacamole. Participar do feitio tem sido uma grande conquista para eles, o que os deixa muito orgulhosos! Picam, descascam, ligam o liquidificador, mexem com a colher… e claro experimentam todos os ingredientes!. Vivem nos perguntando “Hoje vai ter culinária?”. E foi para contemplar o interesse das crianças e envolver as famílias, que para o quadro de identidade propusemos o lanche preferido. Fizemos uma roda para que nos contassem qual era seu lanche preferido e todos contaram o que iriam trazer, e alguns até contaram algumas partes do procedimento de fazer o lanche.
E partilhar o lanche preferido no piquenique na praça foi muito especial. As crianças estavam empolgadíssimas, não só com o piquenique, mas com a praça e todas as possibilidades de brincadeiras por lá. Ao passarmos pelo portão, falavam: “Olha, estamos saindo da escola”, deram as mãos no momento da caminhada, e foram admirando o que encontravam pelo caminho. E na praça as brincadeiras foram muito gostosas. Brincamos no balanço, na gangorra, no escorregador e algo que não poderia faltar, com as caixas e sucatas do G2. Divertiram-se muito com tais materiais!
E depois, nosso piquenique fechou o dia com chave de ouro, deixando um gostinho de quero mais. As crianças compartilharam todos os lanches, experimentaram uns os dos outros e ficaram contentes em oferecer seus “quitutes” aos colegas ou a nós.
Todas estas experiências relatadas aqui foram muito especiais para as crianças e para nós. E a última novidade que gostaríamos de partilhar com vocês, é que estamos construindo um livro de receitas do grupo, que será também um belo registro de memória deste percurso. Esperamos fazer mais construções com as caixas e receitas gostosas para que nosso livro fique bem recheado e nossas brincadeiras cada vez mais deliciosas!

Equipe do G2B tarde

Esse registro foi postado em G2T e marcado .

One thought on “Relato G2TB – 1º Semestre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *