Home   Grupos   BRM   Corpo, Movimento e Brincadeiras no Berçário Manhã

Corpo, Movimento e Brincadeiras no Berçário Manhã

Os bebês exploram e descobrem o mundo através dos sentidos e do corpo. Aqui no berçário da manhã estão a “todo vapor”! 

Desde o início do semestre, acompanhamos e testemunhamos suas explorações e descobertas motoras – e como são “espoletas” esses pequenos! As brincadeiras com deslocamentos (tanto das crianças pelo espaço, quanto o de objetos, como carrinhos e bolas) e os desafios motores (rolar, engatinhar, ficar em pé com apoio, escalar, etc.) são um marco desse grupo e por isso escolhemos esse tema para registrar e partilhar com vocês.

Brincando, percebem e exercitam as possibilidades do corpo... tentando alcançar um brinquedo que rolou para longe, subindo nos apoios disponíveis na sala, entrando e saindo do túnel emborrachado... Cada um a seu ritmo, vai conquistando novos recursos corporais, movimentos e gestos. 

Nossa postura, como educadoras, é de presença e atenção – observamos as atividades das crianças para apoiar e favorecer as brincadeiras significativas para cada um e para o grupo, perceber seus interesses e pesquisas: como se situam e se movimentam pelo espaço? que desafios buscam? que materiais escolhem para brincar? como exploram os objetos? São algumas perguntas que nos fazemos ao observá-las.

Para promover as brincadeiras e experimentações corporais, organizamos e preparamos a sala periodicamente – selecionamos materiais e brinquedos variados, criamos intervenções com tecidos, caixas de papelão, rampas e degraus emborrachados. Buscamos construir um ambiente desafiador e convidativo para que explorem a partir de seus recursos e interesses. Garantimos momentos de brincadeira livre na rotina. Oferecemos liberdade suficiente para o exercício dos movimentos espontâneos e ao mesmo tempo proteção e aconchego, para que se sintam seguros e cuidados.

Permanecemos sempre por perto, e nos aproximamos quando nos solicitam ou quando nos mostram suas descobertas... Às vezes nos procuram com o olhar logo depois de um novo feito ou diante de um conflito; por exemplo, quando conseguem entrar sozinhos no caminhão de madeira ou quando se “trombam” dentro do túnel emborrachado. Como é gratificante acompanhar e partilhar cada descoberta!

Um dos desafios que encontramos é preparar o espaço atendendo aos diferentes momentos do desenvolvimento corporal de cada criança – aquela que está começando a rolar e buscar a posição de quatro apoios, outras que recém começaram a engatinhar (e não param mais!), outras ficando em pé com apoio ou se lançando para dar os primeiros passinhos.

Nos dedicamos para que cada um tenha um cantinho garantido, mas também para que possam se encontrar e perceber um ao outro enquanto percorrem o espaço. Se olham, se procuram, se tocam, às vezes se esbarram ou se atropelam e nós nos aproximamos, apoiando a interação e cuidando para que nenhum deles se machuque. 

Nossas manhãs têm sido repletas de brincadeiras e aprendizados! Com vocês: Dora, Lino, Lina, Caio e Joaquim em ação!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*