Home   Artigos da seção "Para pensar"

Para pensar

Limites – é só disciplina?

Bel Linares, psicóloga e diretora do Recreio, escreveu o capítulo aqui publicado para o livro A Saúde mental na atenção à criança e ao adolescente: os desafios da prática pediátrica, organizado por Vera Ferrari Rego Barros.O livro, que faz parte da série Atualizações Pediátricas, publicada pelo Departamento de Saúde Mental da Sociedade de Pediatria de São Paulo, busca, “em uma linguagem mais coloquial, mas com
Continue lendo…


Deixando para trás as trevas da caverna

Jostein GaarderTexto extraído do livro O Mundo de SofiaA maioria das pessoas está satisfeita com sua vida em meio a reflexos sombreados. Elas acreditam que as sombras são tudo o que existe, e por isso não as vêem como sombras. Platão nos conta uma parábola que ilustra bem esta reflexão. Nós a conhecemos por alegoria da caverna. Vou contá-la com minhas próprias palavras.Imagine um grupo
Continue lendo…


Um Faz de Conta pra Lá de Sério

Beth CalóEra uma vez um tempo em que as crianças quase não ouviam mais histórias. Nessa época, os pais viviam muito preocupados com seus próprios fantasmas e se esqueciam de falar a elas sobre bruxas, feiticeiras, fadas, monstros e príncipes. Os meninos e meninas – espertos como são – sabiam que eles existiam, mas tinham medo de percorrer sozinhos os caminhos da terra do
Continue lendo…


Sobre Bruxas e Bichos-Papões

Selma H. FraibergUma fábula:“Era uma vez um menino chamado Frankie que seria o modelo exato de uma criança moderna e cientificamente educada. Seu pai e sua mãe consultaram tudo o que os especialistas escreveram, freqüentaram ciclos de conferências e adestraram-se em todos os rituais e costumes sobre educação infantil consagrados atualmente. Ambos sabiam como as crianças desenvolviam os temores e os medos na primeira
Continue lendo…


Sobre Jequitibás e Eucaliptos – Amar

Rubem AlvesPra lhes dizer a verdade, não sei onde meu pai arranjou aquele almanaque, velharia do século passado, e que catalogava os municípios das Minas Gerais, um a um. Tenho de confessar que, igual àquele, ainda não vi outro, tão bem arranjado e consciente das coisas que deviam ser preservadas para a posteridade. Tanto assim que, além de exaltar as belezas do lugar (e
Continue lendo…


Escutatória

Por Ruben Alves Sempre vejo anunciados cursos de oratória. Nunca vi anunciado curso de escutatória. Todo mundo quer aprender a falar. Ninguém quer aprender a ouvir. Pensei em oferecer um curso de escutatória. Mas acho que ninguém vai se matricular. Escutar é complicado e sutil. Diz o Alberto Caeiro que “não é bastante não ser cego para ver as árvores e as flores. É preciso
Continue lendo…


A pipoca

Por Ruben Alves A culinária me fascina. De vez em quando eu até me atrevo a cozinhar. Mas o fato é que sou mais competente com as palavras que com as panelas. Por isso tenho mais escrito sobre comidas que cozinhado. (…) As comidas, para mim, provocam a minha capacidade de sonhar. Nunca imaginei, entretanto, que chegaria um dia em que a pipoca iria me
Continue lendo…


Ficou sem brigadeiro, mas ganhou educação

Por Rosely Sayão Quem não se incomoda quando está em uma fila e observa alguém, na maior falta de cerimônia, passar à frente fingindo que não percebe que muitas outras pessoas esperam por sua vez? Quem não se irrita quando anda pelas ruas e precisa, durante todo o tempo, desviar das pessoas que não enxergam nada, a não ser o próprio caminho? Quem não se
Continue lendo…


O leão e o beija-flor

Por Betinho Num programa de televisão, perguntaram a Betinho se achava que sua campanha Ação da Cidadania iria solucionar nossos problemas sociais. Calmamente, como de costume, ele olhou para o entrevistador e pediu licença para contar uma breve historinha: “Certo dia, houve um incêndio na selva e o leão, que fugia do fogo, encontrou um beija-flor que voava freneticamente do lago até o local onde
Continue lendo…


Livros sobre questões infantis

Por Bel Linares e Alcy  Como conversar com meu filho sobre nossa separação ou sobre nascimento da irmã?  Não consigo colocar limites…  Como lidar com as reações que ele possa ter ao saber que é adotado, ou às reações que está tendo em relação ao desfraldamento?  Como agir frente a birras, mordidas? Estas são algumas dúvidas e incertezas muito frequentes dos pais. É importante,
Continue lendo…