Home   Grupos   Artigos da seção "G4T"

G4T

Brincadeiras dos Avós


Livro de Brincadeiras dos Avós


Clarinha Ficou Invisível


Repertório Junino G4T

Algumas pessoas dizem que a dança do Coco se originou nos quilombos, pois uma das principais fontes de alimento dessas populações eram os cocos, muito abundantes nas matas do nordeste.Passavam horas quebrando cocos, trabalhando em conjunto, e se distraíam cantando e dançando no ritmo do quebra-coco.Existem outras versões dessa história, mas hoje em dia o Coco é dançado por muitas comunidades do nordeste brasileiro
Continue lendo…


Protegido: Almanaque G4T 2015

Não há resumo por ser um post protegido.


33º Arraial do Recreio

8″ - G3M / 2′ 57″ – G4M / 6′ 43″ – G3T / 9′ 29″ – G4T / 12′ 10″ – G5 / 18′ 41″ – BR / 20′ 42″ – G1 e G2


Trenó Improvisado na Neve

A vovó Ana, avó do Antonio Pitta, do G4 Tarde, veio no começo do mês ao Recreio encontrar a turma dele. Ela contou que quando era criança mudou muitas vezes de escola, porque a família dela viajava muito. Também disse que como os irmãos dela eram bem mais velhos e sua irmã bem mais nova ela costumava brincar sozinha. Um dia nevou muito na
Continue lendo…


Prainha em Blumenau

A Vovó Maga e a Vovó Ía vieram ao Recreio, encontrar seu neto Inácio e a turma dele, o G4 Tarde, no fim do mês de outubro. Elas contaram que quando eram crianças tinham só uma boneca que era de louça e não podia cair no chão se não quebrava. A Vovó Maga começou a ir na escola só aos 7 anos então, quando
Continue lendo…


Bolinha de Sabão e Pé de Lata

A tia Mônica e o tio Luiz vieram ao Recreio passar uma tarde com o grupo da sua sobrinha Clarice Rodrigues, o G4-T. A tia Mônica contou uma brincadeira que fazia no seu tempo de meninice e achava muito gostoso: fazer bolinha de sabão usando o cabinho da mamona. Ela explicou que mamona “são umas bolinhas que nascem em um arbusto e que eram
Continue lendo…


Cinco Marias

A avó da Clarice Zigler, avó Maria, veio ao Recreio encontrar o G4 na tarde do dia 29 de setembro. Ela contou quais eram as brincadeiras que  mais gostava quando era pequena: fazer comidinha, pular corda, jogar amarelinha (que jogava usando cascas de banana!), dançar cantigas de roda – ela lembrou de algumas muito bonitas – e jogar Cinco Marias. Esse jogo, feito com
Continue lendo…